José Carlos Rocha Junior

Administrador, gestor de pessoas e de processos comerciais. Especialista em negociação avançada e compostos estratégicos de Marketing. MBA em desenvolvimento humano de gestores.

Últimos posts

Rompa consigo mesmo !

padrõesHá uma semana iniciei mais um ciclo de vida. Talvez seja “o ciclo de vida”.

Muitas pessoas que convivem comigo sabem de minha paixão e desejo por conhecimento. Busco reciclar conceitos, absorver novos ideais e conviver com filosofias distintas de vida. Me inspiro em conceituadas instituições e tenho muito respeito por docentes que agregam.

Contudo , iniciei um novo ciclo. Uma imersão de vários  dias ininterruptos em meu autoconhecimento para fazer a diferença na vida de outras pessoas. A formação de Professional & Self Coaching era a intenção .

Pois bem, qual foi a realidade ? Um rompimento com padrões conhecidos que me norteavam.

Romper com pré-conceitos ora inabaláveis foi transformador e, por vezes, temerosos. No auge da razão, a emoção tomou conta. Descobrir respostas vindas de meu próprio exercício crítico não foi fácil. O ceticismo por vezes perdura, mas acaba vencido pela convicção do real propósito de vida. Reconhecer o lado sombrio e luminoso e enfrentá-los ao mesmo tempo me fez pensar no “filme que até aqui protagonizei”.

Despertar a consciência e desafiar o modelo mental , foi ( e é ) o principal desafio. A oportunidade de mudança passa a ser relacionada a um conjunto de ações necessárias com o propósito real de “fazer diferente” .

Terceirizar a felicidade ? Jamais ! A programação mental é o início de tudo. O consciente e o inconsciente precisam andar ao lado, de forma complementar e espontânea. Isso sim é pensar sistemicamente !

E, por instinto, você aprende a viver o sentimento suspendendo todo o tipo de julgamento. O “novo” desperta sem uma lógica concreta, mas com um objetivo de fluidez. Sempre existirá um sentido em tudo o que se passa a viver. O legado é o motor de tração para as ações quotidianas.

Permitir que suas próprias  perguntas questionem seu status quo é a maior prova de rompimento com padrões que por muitas vezes te afastam do seu verdadeiro propósito de vida. Aliás, estas perguntas são o combustível da mudança !

Arrisque-se mais !

Questione-se mais !

Fuja do senso comum !

Faça a diferença em sua própria vida.

Vá por mim …. Vale a pena !

Sucesso sempre,

JC

O fator “surpresa” chamado coração

razão-vs-emoçãoA Inteligência Emocional tornou-se fundamental e extremamente valorizada nos dias de hoje, pois a pessoa que possui QE (Quociente Emocional) elevado possui um diferencial competitivo.

Atualmente, existe uma necessidade real de integrar os aspectos afetivos e cognitivos no processo de desenvolvimento do potencial dos indivíduos.

 O controle das emoções é fator essencial para a otimização da inteligência e o alcance do próprio sucesso. Isso significa como a pessoa lida bem com suas emoções e sentimentos – de si mesmo e dos outros – diante de situações de estresse, conflitos, tensões ou pressões diversas. Uma pessoa emocionalmente inteligente sabe como controlar as suas angústias e ansiedades, para liberá-las na hora certa, com a pessoa certa e da maneira mais adequada possível. São pessoas que conseguem se acalmar quando estão nervosas, têm automotivação e uma razoável percepção de si e dos outros.

QE não é oposto de QI. Algumas pessoas são dotadas de ambos, e algumas com muito pouco de cada um deles.

O grande desafio é entender como eles se complementam. O QI– Quociente de Inteligência não muda: ou você tem um fator acima da média, ou você tem  na média ou abaixo da média. Você pode ser muito estimulado, desenvolver competências técnicas, mas seu QI não vai mudar de QI médio para QI elevado. Já o QE, você pode mudar e elevá-lo, ou seja, ser mais equilibrado e desenvolvido emocionalmente.

Daniel Goleman sugere que cerca de 1/3 das competências utilizadas nas empresas pesquisadas são técnicas, e 2/3 são competências emocionais.

No topo da organização (cargos mais estratégicos e gerenciais), a diferença aumenta para 4/5. Em ambas, a  proposta do pesquisador propõe cinco características principais relacionadas à Inteligência Emocional:

– Inteligência Intrapessoal (consigo mesmo): 

1) Autoconhecimento Emocional;

2) Autocontrole Emocional;

3) Automotivação.

– Inteligência Interpessoal (com as demais pessoas):  

4) Reconhecimento de emoções em outras pessoas – Empatia;

5) Habilidade em relacionamentos interpessoais – Sociabilidade

Sabemos na verdade que todos estes quocientes não funcionam de forma interdependente, todos eles com suas mais variadas especificações e atribuições, levam a cada um de nós a agir ora mais, ora menos, com objetividade, emoções e assertividade o que contribui de maneira direta para obtermos o sucesso em nossos empreendimentos.

O fim da empregabilidade e a valorização do trabalho têm exigido níveis cada vez maiores de especialização da parte de empresas e dos funcionários.

No cerne de todas essas mudanças, cresce a necessidade de uma profunda reformulação na maneira de ver a pessoa humana, que constitui o principal agente na estratégia para garantir o sucesso dos profissionais e a sobrevivência da organização em meio aos desafios da nossa época.

Manter-se consciente dos próprios sentimentos, permanecendo atento ao que se está sentindo, auxilia o desenvolvimento da integridade e leva a pessoa a descobrir satisfação no seu trabalho.

Igualmente importante é saber sintonizar com os sentimentos daqueles com quem nos relacionamos no ambiente profissional, procurando aprender a lidar com as divergências antes que elas cresçam.

Observe que pessoas muito influentes numa empresa não só têm consciência dos seus sentimentos como demonstram uma percepção intuitiva do que motiva seus chefes, colegas de trabalho e funcionários.

Seja você o agente de transformação !

Comece hoje, ou melhor, comece ontem !

Sucesso sempre…

Reflexão sobre um futuro “presente”

futuroOlhando para o futuro….

Em 1998, a Kodak tinha 170.000 funcionários e vendeu 85% de todo o papel fotográfico vendido no  mundo. No curso de poucos anos, o modelo de negócios dela desapareceu e eles abriram falência. O que aconteceu com a Kodak vai acontecer com um monte de indústrias nos próximos 10 anos – e a maioria das pessoas não enxerga isso chegando. Você poderia imaginar em 1998 que 3 anos mais tarde você nunca mais iria registrar fotos em filme de papel?

No entanto, as câmeras digitais foram inventadas em 1975. As primeiras só tinham 10.000 pixels, mas seguiram a Lei de Moore. Assim como acontece com todas as tecnologias exponenciais, elas foram decepcionantes durante um longo tempo, até se tornarem imensamente superiores e dominantes em uns poucos anos. O mesmo acontecerá agora com a inteligência artificial, saúde, veículos autônomos e elétricos, com a educação, impressão em 3D,  agricultura e empregos.

Bem-vindo à quarta Revolução Industrial!

O software irá destroçar a maioria das atividades tradicionais nos próximos 5-10 anos.

O UBER é apenas uma ferramenta de software, eles não são proprietários de carros e são agora a maior companhia de táxis do mundo. A AIRBNB é a maior companhia hoteleira do mundo, embora eles não sejam proprietários.

O FACEBOOK incorpora agora um software de reconhecimento de padrões que pode reconhecer faces melhor que os humanos.

Ao redor de 2020, a indústria automobilística completa começará a ser demolida.  Você não desejará mais possuir um automóvel.  Nossos filhos jamais necessitarão de uma carteira de habilitação ou serão donos de um carro.  Isso mudará as cidades, pois necessitaremos 90-95 % menos carros para isso.  Poderemos transformar áreas de estacionamento em parques.  Cerca de 1.200.000 pessoas morrem a cada ano em acidentes automobilísticos em todo o mundo. Temos agora um acidente a cada 100.000 km, mas com veículos auto-dirigidos isto cairá para um acidente a cada 10.000.000 de km. Isso salvará mais de 1.000.000 de vidas a cada ano.

A maioria das empresas de carros poderão falir. Companhias tradicionais de carros adotam a tática evolucionária e constroem carros melhores, enquanto as companhias tecnológicas (Tesla, Apple, Google) adotarão a tática revolucionária e construirão um computador sobre rodas.

Companhias seguradores terão problemas enormes porque, sem acidentes, o seguro se tornará 100 vezes mais barato. O modelo dos negócios de seguros de automóveis deles desaparecerá.

Os negócios imobiliários mudarão. Pelo fato de poderem trabalhar enquanto se deslocam, as pessoas vão se mudar para mais longe para viver em uma vizinhança mais bonita.

Carros elétricos se tornarão dominantes até 2020. As cidades serão menos ruidosas porque todos os carros rodarão eletricamente. A eletricidade se tornará incrivelmente barata e limpa: a energia solar tem estado em uma curva exponencial por 30 anos, mas somente agora você pode sentir o impacto. No ano passado, foram montadas mais instalações solares que fósseis. O preço da energia solar vai cair de tal forma que todas as mineradoras de carvão cessarão atividades ao redor de 2025.

Com eletricidade barata teremos água abundante e barata. A dessalinização agora consome apenas 2 quilowatts/hora por metro cúbico. Não temos escassez de água na maioria dos locais, temos apenas escassez de água potável. Imagine o que será possível se cada um tiver tanta água limpa quanto desejar, quase sem custo.

Se Você pensa em um nicho no qual gostaria de entrar, pergunte a si mesmo:  “SERÁ QUE TEREMOS ISSO NO FUTURO?” e, se a resposta for SIM, como você poderá fazer isso acontecer mais cedo? Se não funcionar com o seu telefone, ESQUEÇA a idéia. E qualquer idéia projetada para o sucesso no século 20 estará fadada a falhar no século 21.

Entre 70-80% dos empregos desaparecerão nos próximos 20 anos.  Haverá uma porção de novos empregos, mas não está claro se haverá suficientes empregos novos em tempo tão exíguo.

Existe um aplicativo chamado “moodies” (estados de humor) que já é capaz de dizer em que estado de humor você está. Até 2020 haverá aplicativos que podem saber se você está mentindo pelas suas expressões faciais. Imagine um debate político onde estiverem mostrando quando as pessoas estão dizendo a verdade e quando não estão.

O BITCOIN (dinheiro virtual) pode se tornar dominante este ano e poderá até mesmo tornar-se em moeda-reserva padrão.

Atualmente, a expectativa de vida aumenta uns 3 meses por ano.  Há quatro anos, a expectativa de vida costumava ser de 79 anos e agora é de 80 anos. O aumento em si também está aumentando e ao redor de 2036, haverá um aumento de mais de um ano por ano. Assim possamos todos viver vidas longas, longas, possivelmente bem mais que 100 anos.

Os smartphones mais baratos já estão custando US$ 10,00 na África e na Ásia.  Até 2020, 70% de todos os humanos terão um smartphone.  Isso significa que cada um tem o mesmo acesso a educação de classe mundial.  Cada criança poderá usar a academia KHAN para tudo o que uma criança aprende na escola nos países de Primeiro Mundo.

E você ?

Onde estará neste espaço de tempo futuro ?

O que tem feito para se reinventar ?

O que tem feito para antecipar o que é fato concreto e consumado ?

reflita…. Faça… Aconteça !

Sucesso sempre.

JC