Archive outubro 2017

Rompa consigo mesmo !

padrõesHá uma semana iniciei mais um ciclo de vida. Talvez seja “o ciclo de vida”.

Muitas pessoas que convivem comigo sabem de minha paixão e desejo por conhecimento. Busco reciclar conceitos, absorver novos ideais e conviver com filosofias distintas de vida. Me inspiro em conceituadas instituições e tenho muito respeito por docentes que agregam.

Contudo , iniciei um novo ciclo. Uma imersão de vários  dias ininterruptos em meu autoconhecimento para fazer a diferença na vida de outras pessoas. A formação de Professional & Self Coaching era a intenção .

Pois bem, qual foi a realidade ? Um rompimento com padrões conhecidos que me norteavam.

Romper com pré-conceitos ora inabaláveis foi transformador e, por vezes, temerosos. No auge da razão, a emoção tomou conta. Descobrir respostas vindas de meu próprio exercício crítico não foi fácil. O ceticismo por vezes perdura, mas acaba vencido pela convicção do real propósito de vida. Reconhecer o lado sombrio e luminoso e enfrentá-los ao mesmo tempo me fez pensar no “filme que até aqui protagonizei”.

Despertar a consciência e desafiar o modelo mental , foi ( e é ) o principal desafio. A oportunidade de mudança passa a ser relacionada a um conjunto de ações necessárias com o propósito real de “fazer diferente” .

Terceirizar a felicidade ? Jamais ! A programação mental é o início de tudo. O consciente e o inconsciente precisam andar ao lado, de forma complementar e espontânea. Isso sim é pensar sistemicamente !

E, por instinto, você aprende a viver o sentimento suspendendo todo o tipo de julgamento. O “novo” desperta sem uma lógica concreta, mas com um objetivo de fluidez. Sempre existirá um sentido em tudo o que se passa a viver. O legado é o motor de tração para as ações quotidianas.

Permitir que suas próprias  perguntas questionem seu status quo é a maior prova de rompimento com padrões que por muitas vezes te afastam do seu verdadeiro propósito de vida. Aliás, estas perguntas são o combustível da mudança !

Arrisque-se mais !

Questione-se mais !

Fuja do senso comum !

Faça a diferença em sua própria vida.

Vá por mim …. Vale a pena !

Sucesso sempre,

JC